Virada Sustentável mobiliza a cidade de São Paulo

 

Os parques Villa-Lobos, da Água Branca, da Juventude, Guarapiranga e Horto Florestal participam do evento que terá mais de mil atrações

Exposição “Amantikir, a Serra que Chora”, do livro de Ricardo Martins

Exposição Amantikir, a Serra que Chora, do livro de Ricardo Martins

 

“A cidade de São Paulo viverá de 25 a 28 de agosto mais uma edição da Virada Sustentável. O evento envolve articulação e participação direta de organizações da sociedade civil, órgãos públicos, coletivos de cultura, movimentos sociais, equipamentos culturais, empresas, escolas e universidades, entre outros, com o objetivo de apresentar uma visão positiva e inspiradora sobre a sustentabilidade e seus diferentes temas para a população.

Difundir e ampliar a informação sobre sustentabilidade na sociedade, utilizando a arte e atividades lúdicas como principais ferramentas, inspirando as pessoas a enxergarem na sustentabilidade um valor coletivo é a missão da Virada Sustentável. A concepção da edição de 2016 é baseada nos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), definidos pela ONU. Entre eles, destacam-se a erradicação da pobreza, fome zero, boa saúde e bem-estar, educação de qualidade, água limpa e redução da desigualdade.

Confira aqui programação completa do evento e alguns destaques da programação os espaços da Secretaria do Meio Ambiente.”

Programação Biblioteca Villa-Lobos

Av. Professor Fonseca Rodrigues, nº 2.001, Alto de Pinheiros

Dia 25, quinta, das 10h às 18h

Exposição Amantikir, a Serra que Chora – Ricardo Martins
Esta exposição leva o nome do último livro de Ricardo Martins, lançado em 2015, resultado de dois meses de viagem pela Serra da Mantiqueira. A amostra pretende difundir a cultura regional, incentivando a preservação de uma serra que é patrimônio nacional.
Término da exposição: 25/09/2016

Bikes Interna

Exposição BikesAndSpices – Uma volta em bicicletas pelos sabores do mundo – André Cerri

Exposição BikesAndSpices – Uma volta em bicicletas pelos sabores do mundo – André Cerri

Esta exposição inspiradora vai contar, por meio de um telão e mural de fotos, a experiência e as aventuras de viajar por 40 países em 3 anos e meio, com poucos recursos e total desprendimento.
Término da exposição: 25/09/2016

Das 15h às 17h – Mostra VIDEOCAMP – O Começo da Vida
O VIDEOCAMP é uma plataforma global que assume o cinema como uma poderosa ferramenta de transformação do mundo. Disponível em inglês e português e em breve em espanhol, ele reúne filmes que provocam, sensibilizam e inspiram e traz, também, como se engajar para ajudar os movimentos causados por cada filme. No VIDEOCAMP, os espectadores vivenciam a experiência completa de assistir, compartilhar e fazer parte diretamente da ação. Nesta sessão, o VIDEOCAMP exibirá o documentário O Começo da Vida.

Sinopse: Um dos maiores avanços da neurociência é ter descoberto que os bebês são muito mais do que uma carga genética. O desenvolvimento de todos os seres humanos encontra-se na combinação da genética com a qualidade das relações que desenvolvemos e do ambiente em que estamos inseridos. O Começo da Vida convida todo mundo a refletir como parte da sociedade: estamos cuidando bem dos primeiros anos de vida, que definem tanto o presente quanto o futuro da humanidade? Direção: Estela Renner. 97 min. Livre.

Dia 27, sábado

Das 11h às 13h30 – Oficina Brincando de Construir: A Cabana de Bambu – Daniel Souza
Esta oficina utilizará o conceito da bioconstrução para ensinar os participantes a fazer uma cabana tipoteepees.  A construção é totalmente segura, feita com materiais naturais como bambu e sisal. Terá uma estrutura leve fixada ao solo tornando-se um local de brincadeiras e experimentações. Ao final, será realizado plantio de mudas de trepadeiras comestíveis em volta da cabana para que as plantas cresçam e formem uma proteção.

Das 11h às 14h – O meio ambiente retratado por cartas
Com Vânia de Oliveira Alves
O objetivo desta atividade é apresentar ao público documentos que compilam correspondências trocadas entre expoentes da literatura, bem como as cartas publicadas com intuito de sensibilizar sobre problemas ambientais. Os participantes serão estimulados a fazer uso desta modalidade textual para expressar seus pensamentos, como por exemplo escrever uma carta para as futuras gerações deixando registrados os seus pontos de vista e perspectivas a respeito de um determinado tema a ser sorteado.

Das 11h às 13h – Cidades do Futuro: A Polifonia Têxtil no Imaginário Coletivo
Cidade do Futuro Interna
Com Coletivo Agulha
Esta oficina tem a proposta de realizar intervenções urbanas utilizando a arte têxtil com base no crochê. Cada participante, com agulha e linha, vai contribuir com uma intervenção transformando as ruas em galerias de arte e levando cores para o cinza da cidade.

Das 12h às 13h30 – Oficina Culinária – Mini-Chef
Com Grupo Desajuste
Esta oficina tem o objetivo de incentivar a prática de uma alimentação natural e livre de produtos industrializados.  Os participantes são convidados a elaborar, em conjunto e de maneira lúdica, uma receita com alimentos vivos (provenientes da terra) usando ingredientes economicamente acessíveis e saudáveis.

Das 14h às 15h30 – Literatura de Berço
A Sabedoria e Tradições das Tribos Indígenas Brasileiras
Esta atividade, conduzida por Cassia Bittens, abordará a sabedoria e as tradições de algumas tribos indígenas brasileiras com a leitura de trechos dos livros da Coleção Pawana, Viagem ao mundo indígena eJuntos na aldeia, para os pais e bebês. A proposta é resgatar para os dias de hoje as tradições e a beleza de rituais ancestrais.  Para criar uma atmosfera acolhedora e instigante aos bebês, a flautista Clara Dum fará uma apresentação especial.

Das 15h às 18h – Oficina Culinária: Cozinha Multi-Mistura
Com Daniel Souza
Durante esta oficina serão discutidos temas como segurança alimentar e alimentos industrializados e ultraprocessados, enquanto os participantes aprendem a preparar a multimistura, uma farinha rica em nutrientes, criada pela Dra. Clara Brandão, utilizada há décadas com sucesso no combate à desnutrição no Brasil. Serão dadas dicas de alimentos de baixo valor comercial e alto valor nutricional.

Dia 28, domingo

Das 12h às 14 – Exibição do documentário Em busca de Propósito seguido de bate-papo – Brasil Tomorrow
Este documentário francês (En quête de sens, 2015), propõe um amplo questionamento sobre nossas visões de mundo, como por exemplo, qual a nossa responsabilidade enquanto cidadão em relação ao nosso padrão de consumo? Por que estamos aqui vivos, compartilhando um mesmo mundo?  Na sequência haverá um bate-papo facilitado por pensadores que trarão reflexões e questionamentos sobre o nosso propósito de vida.

Programação Biblioteca de São Paulo

Av. Cruzeiro do Sul, nº 2.630, Santana

Dia 27, sábado

Das 12h às 13h – Contação de História: O Menino Fada
O Menino Fada interna
Com Willian Gama
Este espetáculo de contação de histórias aborda temas relacionados a inclusão, educação e diversidade de gênero, mesclando poesia, brincadeiras, canções e interatividade com a plateia.

Das 12h às 17h – BrinCaqui – Noz Educação e Convivência
BrinCaqui consiste em uma série de brincadeiras e atividades lúdicas e recreativas ao ar livre. Tem o objetivo de despertar a percepção dos sentidos, a contemplação da natureza e avivar a imaginação, a criatividade e a experimentação. Serão utilizados materiais naturais e objetos reutilizáveis que podem se transformar em brinquedos e brincadeiras divertidas.

 

Das 12h às 14h – Lançamento do Curta-Metragem de Animação Awa Poanpé
Seguido de bate-papo com a diretora Julia Vellutini
O Awa Poanpé é um curta-metragem em animação que surge de um processo colaborativo com um grupo de jovens da aldeia indígena Krukutu, em Parelheiros. Em um grupo de estudos, foi desenvolvido o roteiro e produzido o filme baseado no mito guarani do O Awa Poanpé, ou Monstro das Garras Grandes. O projeto pretende difundir a mitologia de origem a partir dos próprios membros da comunidade, que antes contavam apenas com a tradição oral para disseminar sua cultura. O curta-metragem conta a historia de Werá, um curumim da aldeia Krukutu, que ao roubar a pena de uma coruja no dia de seu rito de passagem é transformado no monstro das garras grandes. Ele precisará então conseguir devolver a pena à coruja para se tornar menino novamente.

Das 14h às 15h – Brincadeiras do lado de cá
Com Arumã Brasil
A proposta desta atividade é ensinar as crianças a montarem, com a participação dos pais, jogos e ou brinquedos que possam ser jogados em grupos, fortalecendo os vínculos e a interação. Os jogos serão confeccionados com materiais reaproveitáveis e recicláveis. Capacidade para 20 participantes

Das 15h às 16 – Bebelê
Atividade de estímulo e iniciação à leitura para crianças entre 6 meses e 4 anos, realizada com livros lúdicos, contação de histórias e músicas. Pais e responsáveis podem, ao final da atividade, levar emprestado os livrinhos e fantoches para reproduzir a experiência em casa.
Com equipe BVL

Das 15h às 16h – Oficina Abayomi
Com Aniete Abreu
Abayomi quer dizer “aquela que traz felicidade ou alegria”, nome dado para as bonecas que as mães escravas faziam, a partir dos tecidos cortados de suas saias, para presentear as crianças dentro dos navios negreiros e senzalas. Nesta oficina, os participantes aprenderão como confeccioná-las usando descartes de tecidos de confecções.

Dia 28, domingo

Das 12h às 13h – Contos de Sabedoria Africana – Tricotando Palavras
Na África, os mais velhos contavam histórias nas praças dos povoados, nos pátios das casas ou embaixo de uma árvore e esta apresentação reviverá esta sabedoria por meio dos contos A Lenda do Baobá e Duas mulheres e o céu.

Parque Horto Florestal

Rua do Horto, nº 931, Horto Florestal
Ponto de Encontro: ao lado do campo de futebol

Dia 26, sexta-feira

Das 8h30 às 9h30 – Caminhada e Alongamento
Itaú Viver Mais é um programa desenvolvido especialmente para pessoas com 55 anos ou mais, oferecendo diversão, aprendizado, atividades físicas e socioculturais, tudo pensado para atender um público maduro, com aspirações e necessidades próprias. Facilitador: Thiago. Ponto de Encontro: ao lado do campo de futebol.

Parque Guarapiranga

Estrada da Riviera, nº 3.286, Riviera Paulista

Dia 27, sábado

Das 13h às 16h – Teatro com fantoches: Árvore Generosa
Facilitação: Monitores do Parque
Coordenação: Parque

 

Fonte: ambiente.sp.gov.br

Sobre Hidrosuprimentos

Somos uma empresa genuinamente brasileira que produz tecnologia nacional de qualidade para aplicação em Hidrogeologia e Engenharia Ambiental, com ênfase nas atividades de Amostragem, Monitoramento e Remediação de solos e águas subterrâneas. HIDROSUPRIMENTOS. Tecnologia a serviço do meio ambiente.
Esta entrada foi publicada em Ambiente. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta