Ibama aplica multa de R$ 20 milhões em refinaria no Pará

 

“O Ibama multou a refinaria norueguesa Hydro Alunorte em R$ 20 milhões e embargou instalações da empresa nesta quarta (28) por realizar atividade potencialmente poluidora e operar tubulação de drenagem sem licença válida da autoridade ambiental competente.

Em 2009, o Ibama multou a empresa em R$ 17,1 milhões por lançamento de rejeitos no mesmo rio. A empresa recorreu, e até hoje nada foi pago.

Funcionários do Ibama e do Instituto Evandro Chagas analisam água em rio
Ibama e Instituto Evandro Chagas realizam vistoria conjunta no entorno da refinaria Hydro Alunorte, no Pará – Divulgação/Ibama

 

No fim de semana passado, moradores próximos da fábrica relataram mau cheiro e cor adulterada da água do rio Murucupi, que transbordou por causa das forte chuvas e atingiu várias casas. Um laudo Instituto Evandro Chagas de quinta (22) confirmou a contaminação por chumbo e outros metais.

Equipes do Ibama e do Instituto Evandro Chagas, que é vinculado ao Ministério da Saúde, realizaram vistoria no local nesta terça (27) e quarta (28).

Uma nota técnica do instituto afirma que as águas do rio apresentaram níveis elevados de alumínio e outras variáveis associadas aos efluentes gerados pela Hydro Alunorte.

Após negar irregularidades em sua operação em Barcarena, a fabricante de alumina admitiu na sexta-feira (23) a existência de uma tubulação que deságua no rio. O depósito de rejeitos sólidos  2 e a tubulação de drenagem de efluentes da área industrial foram embargados pelo Ibama nesta quarta (28).

Em seu site, a empresa afirmou que as informações que detém apontam que suas operações não contribuíram para a qualidade das águas nas comunidades e que vem respondendo às necessidades das pessoas da região.

Também disse que está cooperando com as autoridades competentes de forma aberta e transparente para facilitar o trabalho com as vistorias e que criou uma força-tarefa especializada para estabelecer o efeito das chuvas na integridade dos depósitos de resíduos sólidos de bauxita e analisar dados relacionados com possíveis impactos ambientais nas comunidades locais.”

 

Fonte: Folha de S. Paulo, 28.2.2018.

Sobre Hidrosuprimentos

Somos uma empresa genuinamente brasileira que produz tecnologia nacional de qualidade para aplicação em Hidrogeologia e Engenharia Ambiental, com ênfase nas atividades de Amostragem, Monitoramento e Remediação de solos e águas subterrâneas. HIDROSUPRIMENTOS. Tecnologia a serviço do meio ambiente.
Esta entrada foi publicada em Ambiente. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta